.Minuto de Sabedoria

.GOOGLE

Google
 
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

CASA DE ANJO

Texto: Carlos Solano
Ilustração: Heitor Yida
Toda planta tem um ‘acompanhante’ invisível, que chega em um raio de sol, numa chuva de granizo ou na neblina da manhã”, me disse uma benzedeira de Minas Gerais. Tem mais gente que concorda: “As árvores são casas de anjos, também conhecidos por devas, no Oriente. São eles que criam, habitam e dão vida a todas elas”, me disse um mestre. Por isso, quando colocamos árvores dentro ou ao redor da casa, acolhemos também essas presenças angelicais, que transmutam o negativo e transmitem o positivo, ajudando a preservar o bem.
“Uma árvore está inerte? Aparentemente sim, mas na realidade não. Ela está interagindo o tempo todo com o entorno, ancorando e irradiando qualidades espirituais”, me ensina o índio Kaká Werá. “Creio nas propriedades curativas das árvores não para salvar uma clavícula fraturada, mas para curar as enfermidades da alma, como o rancor e a maldade”, diz um sábio chinês. “Quando estamos perto de uma árvore, somos nutridos pelas ema na ções que ela produz”, me contou a americana Dorothy Maclean, autora do livro A Comunicação com os Anjos e os Devas (ed. Pensamento), no qual existe um capítulo lindíssimo, chamado A Mensagem das Grandes Árvores.
ANJOS VEGETAIS
Mas não basta colocar a planta dentro de casa e pronto. Devemos pensar junto dela tudo o queremos lhe falar, pois dizem que é assim que os anjos nos entendem e respondem a nossas intenções.
Fiquei sabendo, por exemplo, que o anjo da bananeira, árvore que nasce fácil em quase todo lugar, compartilha conosco a abundância divina. O da murta preenche o ambiente com perfumes de inocência e pureza. O ser angelical do jasmim-manga abraça a casa com um manto de luz branca e transforma as atitudes endurecidas. O anjo do fícus (ou figueira) clareia os caminhos, e foi sob esta árvore que Buda alcançou a iluminação. O anjo da aroeira, madeira forte, limpa as negatividades quando se batem sete ramos con tra as paredes, desde os fundos até a entrada do lugar. O espírito do pinheiro, árvore que lembra uma flecha, defende a casa de forças ruins e chama o bem, que se aproxima. E tem o anjo do perdão, que mora na quaresmeira-roxa, o da regeneração, na exuberante buganvília, o da espontaneidade, na alegre laranjinha kinkan...
Muitas árvores podem viver até dentro de apartamentos, em grandes vasos. Nesse caso, prefira os de barro porque assim as raízes respiram. Coloque brita no fundo para ajudar a saída da água. Misture areia (1/3) a uma boa terra adubada (2/3). A areia vai impedir que a terra vire um tijolo, dificultando a vida da planta. Deixe o vaso receber sol ou muita luz. Ao cuidar da árvore, lembre-se do anjo: “Ajude-nos neste dia! Derrame aqui Vossa vida curadora!”
 
Texto tirado da Revista Bons Fluidos.
 
publicado por emalgumlugardouniverso às 20:36
link do post | comentar | favorito
|

.CURSOR

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Calendário

.Relógio

.contador

.tags

. todas as tags

.favorito

. MÍSTICO MÊS DE MAIO

. UM CHAMADO À AÇÃO

. A PORTA ABERTA DA CHAMA ...

. CHEQUE ABUNDÂNCIA

. VICK VAPORUB

. Transforme Sua Vida Com O...

. Paulo Roberto Gaefke

. VALE A PENA LER

. FELIZ NATAL / FELIZ 2008

. FELIZ NATAL / FELIZ 2008

.links

.Musica

.GOOGLE PRODUTOS

.SITAÇÕES

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds